Tecnologia de medição, avaliação e minimização de fontes de dano durante a pós-colheita de fruta

A tecnologia permite examinar com elevada precisão e rigor cargas naturais mecânicas no processamento e tratamento pós-colheita da fruta e analisar a ocorrência de lesões na mesma. A utilização de sensores de impacto e/ou compressão (Impact Recording Device - IRD, ou comummente designados por esferas instrumentadas) junto com a fruta durante o seu manuseamento real, permite transmitir os sinais capturados e comunicá-los e convertê-los para um sistema informático, possibilitando visualizar com elevada fiabilidade o fenómeno em estudo e compreender as zonas de processamento na linha produtiva onde poderão ser reduzidas as forças de impacto e/ou compressão. Desta forma, o registo das operações permite estimar a probabilidade de ocorrência de danos mecânicos por impacto e/ou compressão e identificar pontos críticos para a sua ocorrência, de modo a concluir sobre eventuais medidas corretivas necessárias de efetuar sobre os equipamentos ou a cadência das operações, e bem assim a prevenir ou atenuar a ocorrência de lesões e a incrementar a qualidade da fruta.

Pretendo saber mais sobre esta tecnologia: